28.10.16 - Notícia: Antioxidante presente no vinho reverte danos da doença de Chagas

28/10/2016

O Globo - Jornalista: Indefinido

Pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC-Fiocruz) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) usaram resveratrol — antioxidante presente em algumas frutas e concentrado nos vinhos tintos — para combater sintomas da doença de Chagas em camundongos, após infectá-los com o parasita Trypanosoma cruzi. O resultado surpreendeu o grupo: além de diminuir a progressão da patologia, a substância reverteu danos graves causados ao coração e ainda aprimorou o funcionamento do órgão. O tratamento durou um mês. Agora, os cientistas planejam novos testes para checar sua eficácia em humanos.

De acordo com estimativas do Ministério da Saúde, a enfermidade em seu estágio crônico afeta de 1,9 milhão a 4,6 milhões de pessoas no Brasil, mas muitos casos são descobertos após décadas de infecção. E a maioria não apresenta sintomas.

— A doença de Chagas é muito complexa e pode causar problemas cardíacos, digestivos e neurológicos. Curar é difícil, mas podemos oferecer qualidade de vida. Com a pesquisa, mostramos que é possível reverter os danos, algo considerado impossível até então — diz Joseli Lannes-Vieira, chefe do Laboratório de Biologia das Interações do IOC, que coordenou o estudo com Claudia Paiva, do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes da UFRJ.