28.02.18 - Notícia: Anvisa participa da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde

28/02/2018

 Ascom/Anvisa

Diretor-presidente foi um dos palestrantes da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS), que visa desenvolver a Política Nacional de Vigilância em Saúde.

O diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, defendeu, nessa terça-feira (27/2), uma política que olhe com mais atenção para as ações preventivas e promotoras de saúde.

Durante a abertura da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS), Barbosa destacou a importância da conferência para debater a criação de diretrizes nacionais das ações de Vigilância em Saúde no SUS. “É uma lacuna nossa não haver uma política nacional de Vigilância em Saúde e que, diga-se claramente, essa é uma atividade fundamental ao SUS e que nenhum sistema de Saúde será efetivamente universal, nem será integral se as ações de prevenção e promoção da Saúde não estiverem inseridas em todas as suas áreas e não atuarem de forma integrada, será sempre um sistema onde vai prevalecer, muito mais, a doença e a morte que a saúde e a vida”, afirmou.

O tema central da conferência que orientou as discussões do primeiro dia de evento foi  “Vigilância em Saúde: Direito, Conquista e Defesa de um SUS Público de Qualidade”. Entre os grandes desafios estabelecidos no encontro, está o de constituir um modelo de atenção à saúde voltado para a redução do risco da doença e de outros agravos. O debate se divide em Vigilância Epidemiológica, Ambiental, Sanitária e Saúde do Trabalhador.

Dentro da Conferência, Jarbas também defendeu as ações de Vigilância em Saúde para garantir a entrega de segurança à população. “A ação de Vigilância em Saúde é um tipo de ação que todos no Brasil usam, mesmo quem tem um plano privado de saúde, e em qualquer país que tenha um Sistema Nacional de Vigilância em Saúde público, como é o caso do Brasil, são ações fundamentais, pois se elas não funcionarem bem haverá aumento de doenças e de agravos à saúde que vão sobrecarregar a própria área assistencial” completou.

A 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS) tem o objetivo de desenvolver a Política Nacional de Vigilância em Saúde e ampliar as ações do Ministério da Saúde na área. A conferência, organizada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), acontece em Brasília até o dia 2 de março com debates para o fortalecimento das ações de proteção à saúde no país.

O evento reúne cerca de 2 mil pessoas, entre acadêmicos, especialistas, conselheiros de Saúde, trabalhadores e gestores. Ainda irá discutir temas de desenvolvimento da vigilância no âmbito da Saúde, mas também a conjuntura atual e os desafios que estão colocados para fazer com que ações de vigilância tenham mais impacto em benefício da saúde da população.

A Conferência
A 1ª CNVS foi precedida por etapas preparatórias, realizadas em todos os estados brasileiros. Cada etapa reuniu propostas apresentadas por participantes de municípios e macrorregiões locais. Também ocorreram conferências livres organizadas pelos mais diversos públicos. Em 2017, a Anvisa participou ativamente das etapas preparatórias da 1ª CNVS, articulando o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) para o debate sobre a construção de uma Política Nacional de Vigilância em Saúde composta, também, pelas ações de promoção e proteção à Saúde realizadas pelos órgãos de Vigilância Sanitária.