26.01.18 - Notícia: Agência cria comissão de educação corporativa

26/01/2018

Anvisa

Prática integra o processo de inovação que a Anvisa tem desenvolvido no seu planejamento estratégico.

Gestão de pessoas integrada à gestão de conhecimento como parte da estratégia de desenvolvimento de uma instituição. Isso é educação corporativa, um novo projeto o qual a Anvisa inicia, hoje, sua implementação. Trata-se de uma prática que cresce exponencialmente no Brasil e no mundo e que, no caso da Anvisa, integra o processo de inovação que a Agência tem desenvolvido no âmbito do seu planejamento estratégico.

Ou seja: a educação corporativa abrange mais do que capacitação e e/ou qualificação do corpo técnico da empresa. Objetiva, de forma ampla, unir talentos individuais e uma estrutura organizacional moderna, levando à melhoria dos serviços oferecidos ao público.

Diante disso, a Comissão de educação corporativa da Anvisa vai estruturar o seu trabalho considerando as seguintes etapas:
• Aprofundamento teórico e conceitual sobre a temática e suas aplicações no setor público;
• Benchmarking em organizações públicas e privadas; e
• Definição de um modelo educativo e estratégias de implementação alinhados às características e necessidades estratégicas da Agência.

“A partir dessa iniciativa, a Anvisa poderá melhorar em muito os resultados de seus atuais processos de capacitação e de produção e gestão do conhecimento”, observa Pedro Ivo Ramalho, diretor-adjunto de Gestão institucional da Anvisa e coordenador da Comissão. “Vamos ganhar em eficiência e efetividade para os servidores da Agência, mas também para os outros entes do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e do setor produtivo. A expectativa é que possamos dar um grande salto na educação corporativa.

A ideia da Comissão é envolver progressivamente os servidores da Agência nas discussões em torno da implementação da educação corporativa. As propostas construídas serão levadas pela Diretoria de Gestão Institucional para apreciação da Diretoria Colegiada da Anvisa.

A implantação de um modelo de educação corporativa está fundamentada na concepção de que o processo de aprendizagem dos indivíduos, das equipes e da organização é contínuo e pode ser representado como uma sequência de ondas que potencializam o desenvolvimento de competências e a gestão do conhecimento organizacional.

Neste modelo educativo, as trilhas de aprendizagem — trilhas de conhecimento, trilhas de desenvolvimento ou, ainda, jornadas de aprendizagem —, auxiliam na análise da situação e recomendam um conjunto de soluções estruturadas mais coerentes, diversificadas e alinhadas a cada estágio de desenvolvimento, mostrando-se, assim, opção mais eficaz e duradoura.

Como exemplos da inovação que vem sendo desenvolvida na Anvisa, e que poderão ser potencializados com a educação corporativa, podemos citar as ações voltadas ao aperfeiçoamento nos trâmites para o registro de produtos e medicamentos, das metodologias de avaliação de impacto e dos processos de trabalho em portos, aeroportos, fronteiras e recintos alfandegados, entre tantos outros.

Acesse, na íntegra, a Portaria que instituiu a Comissão.