23.08.18 - Notícia: Proteínas vegetais oferecem muitas possibilidades na formulação de produtos

23/08/2018

Fi South America

A mudança de hábitos por uma alimentação mais saudável, somada à escassez de alimentos de origem animal, tem surtido efeito positivo na indústria de alimentos. Prova disso, são as pesquisas recentes apresentadas pela Divisão de Nutrição e Saúde da DuPont sobre as inúmeras aplicações da proteína vegetal na formulação de produtos.

De acordo com Marília Landgraf Gonçalves, especialista em aplicação da DuPont, mais de 100 estudos comprovam os benefícios da proteína vegetal para a saúde, como o controle de peso a partir do ganho de massa magra. Durante sua palestra, no Seminar Sessions da FiSA, ela também chamou a atenção dos participantes quanto aos aspectos de sustentabilidade das proteínas vegetais. “Maior eficiência energética e menor consumo de água por área plantada. Para se ter uma ideia, se reduzirmos a proteína láctea a 50%, substituindo-a por vegetal, o índice de emissão de C02 cai pela metade”, afirma.

São muitas as combinações possíveis para desenvolver produtos com proteínas vegetais, mas cada uma delas tem suas particularidades. Por isso, é necessário o correto balanço na composição da proteína usada. “A indústria tem alguns desafios e oportunidades para ampliar o mix de produtos. O consumidor tem a expectativa de que ao beber leite vegetal, tenha o mesmo sabor, textura e aparência do leite de vaca. Uma das soluções desenvolvidas pela DuPont é o uso de hidrocolóides que têm a função de estabilizar o produto, melhorando o paladar”.