23.01.19 - Notícia: Insa sedia Oficina de Planejamento para implantação da Rota da Biodiversidade no Polo Juá-Caatinga

RedesFito em Foco - Dezembro - 2018

A oficina foi realizada (27 e 28/11), na sede do Instituto Nacional do Semiárido (INSA) /MCTIC, como uma das etapas do Projeto Rota da Biodiversidade, uma parceria entre o Ministério da Integração Nacional /MI e da Fundação Oswaldo Cruz-Fiocruz/MS.  O Projeto Rota da Biodiversidade tem como objetivo a coordenação de ações públicas e privadas, da cadeia produtiva de plantas medicinais e fitomedicamentos através de projetos, que serão desenvolvidos, durante o ano de 2019, nos Arranjos Ecoprodutivos Locais (AEPLs) em cinco Polos selecionados nos Biomas: Amazônia, Caatinga, Mata Atlântica e Pantanal.

O projeto está direcionado aos AEPLs por considerar que nestes se concretiza o processo de desenvolvimento de medicamentos da biodiversidade, observando os aspectos ambientais, ecológicos, climáticos, sociais, históricos, geográficos e econômicos de cada Bioma. No Brasil  existem 16 Arranjos Ecoprodutivo Locais, atuando em parceria com as RedesFito, espalhados pelos seis biomas.

Durante a oficina foram discutidos pontos importantes para implantação da Rota de Biodiversidade no Polo Juá-Caatinga como: objetivos, metas, beneficiários, equipe do projeto, custos, datas, parceiros, patrocinadores e benefícios. Na oficina foram definidos o nome do Polo, a área de abrangência, o diagnostico local e a visão de futuro. Também foi elaborada a carteira de projetos e definido o comitê gestor (formado por organizações de produtores e instituições públicas e privadas associadas a cadeia produtiva), que norteará os trabalhos no AEPL.

O evento contou com a participação de representantes do Insa, Fiocruz-MS, Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Integração Nacional, Articulação do Semiárido, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, intuitos de pesquisa e comunidades tradicionais.