17.01.17 - Notícia: Venda de suplementos cresce entre Geração Y

17/01/2017

Direto da Redação, Internacional, Medicamentos - Redação Panorama Farmacêutico

Especialmente influenciados por pais e avós, os consumidores da chamada geração Y estão cada vez mais aderindo a métodos dietéticos alternativos, como o uso de suplementos alimentares para buscar uma vida mais saudável. É o que aponta um estudo realizado pela Ipsos Public Affairs encomendado pelo Council for Responsible Nutrition (CRN), entidade norte-americana que difunde informações científicas e defende a importância de vários minerais e vitaminas na dieta dos consumidores.

De acordo com a pesquisa, cerca de 170 milhões de adultos norte-americanos, 71% da população, utilizam suplementos. “É muito empolgante ver o crescimento do uso de suplementos entre adultos mais jovens, especialmente após nossa pesquisa de 2015 que apontou que o uso entre adultos de 18 a 34 anos seria crescente nos próximos cinco anos,” afirma Judy Blatman, vice-presidente sênior de comunicações do CRN.

Os principais incentivos para o consumo de suplementos, segundo 42% dos entrevistados, são os benefícios gerais para a saúde e o bem-estar. Outros 30% utilizam esses produtos para combater a falta de disposição e 28% buscam preencher lacunas nutricionais em suas dietas.

A comercialização de suplementos de vitamina D contabilizou US$ 394,6 milhões em 2016, um aumento de 9,1% na comparação com o ano anterior. E as vendas de vitamina B subiram 1,3%, ao movimentarem US$ 455,5 milhões.

A pesquisa indicou ainda que 85% dos norte-americanos revelam ter um alto nível de confiança em suplementos alimentares e vitamínicos. Entre os próprios usuários de suplementos, a proporção é ainda maior, com 96% indicando confiança nesses produtos.