08.12.16 - Notícia: Nova Sede: contrato de aluguel está assinado

05/12/2016

Ascom/Anvisa

Mudança para nova sede da Anvisa deve representar economia de R$ 1,8 milhões por ano.

Em relação à mudança de endereço da sede da Anvisa em Brasília, a Agência informa:
A Anvisa, por não dispor ainda de sede própria, está localizada, atualmente, em prédio com contrato de aluguel válido até junho de 2017. No início desse ano, por dificuldades de concluir as negociações visando à redução dos valores pagos no atual aluguel e à realização de melhorias estruturais e funcionais, foram realizadas visitas a vários edifícios em Brasília, que poderiam vir a ser a nova sede da Agência, buscando-se sempre a melhor localização possível para os usuários de nossos serviços, além de condições para o melhor funcionamento da agência e economia de recursos, questão vital para a administração pública.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, após processo coordenado pela Subsecretaria de Assuntos Administrativos (SAA/SE/MS) do Ministério da Saúde, assinou o contrato de aluguel do imóvel onde funcionarão algumas unidades do Ministério da Saúde e a sede da Agência. O imóvel está localizado no endereço SRTV 701, área central de Brasília, edifício PO 700. É um prédio novo, ambientado para propiciar condições adequadas de conforto e segurança.

O imóvel possui 52.376,66m² e conta com sete pavimentos: térreo, três subsolos com vagas de garagem, estacionamento público com 120 vagas, auditório com capacidade para 126 lugares e oito elevadores com capacidade para 20 pessoas cada e velocidade de 105m/min, além de sistema de segurança monitorado por 62 câmeras, distribuídas em locais estratégicos e cobrindo todos os pavimentos.

A Anvisa ocupará aproximadamente 31.600m² de área, distribuídos em quatro pavimentos completos, parte do térreo e dois subsolos com acesso exclusivo aos servidores da Agência. Não haverá nenhum andar com áreas técnicas compartilhado entre a Agência e unidades do MS. A nova sede contará ainda com sala de reunião da Dicol, dez salas de parlatório localizadas ao lado do auditório, salas de reunião em todos os andares, espaço para o arquivo e toda a infraestrutura necessária ao funcionamento da Agência.

A mudança para a nova sede representará, para a Agência, uma economia anual estimada em mais de R$ 1,8 milhão, reduzindo-se dos atuais R$ 24,5 milhões (aluguel + contratos de serviços e manutenção) para R$ 22,6 milhões, considerando o aluguel e os mesmos contratos, como copeiragem, vigilância, limpeza, brigadistas, jardinagem, manutenção de elevadores, ar-condicionado e predial, dedetização, seguro predial, operação de CFTV e energia elétrica das áreas comuns. Além da economia financeira, a Agência deixará de administrar contratos individuais com cada um dos fornecedores desses serviços.

Portanto, diante da evidente economicidade propiciada pelo novo contrato; da melhor localização do prédio, em área central de Brasília, com melhor possibilidade de acesso tanto para nossos servidores como para todas as pessoas que procuram a Agência diariamente; da garantia de exclusividade para os andares onde a Anvisa estará situada, inclusive com identificação específica; e da melhor qualidade das instalações do prédio, não haveria justificativa plausível para a não aceitação da proposta do Ministério da Saúde. 

Com a assinatura do contrato pelo Ministério da Saúde, será iniciada a elaboração do cronograma de mudança e ajuste de layout, avaliando-se detalhadamente as necessidades de cada área da Agência, de maneira a garantir que haja o mínimo de transtorno para nossos servidores e para as pessoas que utilizam nossos serviços.